quinta-feira, 20 de novembro de 2014

ACES apresenta Tapajós Fashion Week

O objeto que tem cores e formas inimagináveis é inspirador. Foi criado na Inglaterra nos primeiros anos do século passado pelo inventor Sir. David Brewster. Caleidoscópio quer dizer “ver belas imagens”, e assim o TAPAJÓS FASHION WEEK, em sua primeira edição, mostra para você as belas coleções das lojas de Santarém. É uma viagem por um mundo de cores, formas e texturas.

Brinquedo para crianças e adultos, instrumento de ótica, fonte de inspiração para os desenhistas, decoradores e estilistas, o Caleidoscópio é, na verdade, um objeto precioso. E daí vem à ideia de usá-lo como referência em um evento de moda. As cores das coleções que serão apresentadas nos dias 21 e 22 de novembro, se misturam a um ambiente criado especialmente para o evento. Uma carpa (tenda) de 8x16 foi construída para abrigar a passarela, telão de LED, área vip para convidados e área aberta ao público. É o maior desfile já promovido em uma área externa na região!

O TAPAJÓS FASHION WEEK é organizado pelo jornalista e prometer Fábio Barbosa e tem supervisão do Conselho da Mulher Empresária, da Associação Comercial e Empresarial de Santarém (ACES). Acontece durante a Feira Nacional Tapajós Negócios, nos dias 21 e 22 de novembro, às 20H, na Tenda
de Desfiles.

Hashtag Oficial: #tapajosfashionweek

Fábio Barbosa

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Operário morre na Ufopa Campus Tapajós em Santarém

 O  operário de nome Humberto de sousa Junior, 41 anos, morreu após cair do quarto andar de um prédio em construção da Universidade Federal do Oeste do Pará - Ufopa, em Santarém, o fato aconteceu por volta das 10 horas da manhã desta quinta-feira (13) ainda não há maiores informações sobre o caso.
Foto: Américo


Nota sobre acidente no Câmpus Tapajós

A Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA) informa que Humberto Feliz de Sousa Junior, 41 anos, funcionário da MAZ Construções Ltda. – empresa terceirizada responsável pela construção do prédio no Câmpus Tapajós faleceu hoje pela manhã, por volta das 10h, após cair do 4º pavimento da obra. A equipe da Superintendência de Infraestrutura da UFOPA, responsável pela fiscalização de obras na Instituição, já está no local averiguando o ocorrido a fim de coletar informações mais detalhadas a respeito da causa do acidente. A Universidade informa que, até o momento, não havia nenhuma notificação quanto a problemas de segurança no trabalho envolvendo a empresa acima citada. A fiscalização da obra era efetivada regularmente pela UFOPA, atentando-se para todas as legislações pertinentes. Os órgãos competentes foram imediatamente acionados. O SAMU atestou o óbito e o IML está sendo aguardado para a perícia no local. A UFOPA abrirá uma sindicância para apurar as responsabilidades e lamenta profundamente o ocorrido.


Fonte - Assessoria de Comunicação da Universidade

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Presente de grego da Dilma para os eleitores do Norte

Já que Dilma teve uma expressiva votação na região Norte, olha só o presente que a president(A) manda aos seus eleitores...

Consumidores da região Norte terão alta de até 54% nas contas de luz

Reajuste foi autorizado pela Aneel para o interior de Roraima.
No Amazonas, tarifa terá aumento médio de 18,62% nesta semana.

 

Torres de transmissão de energia
(Foto: Carlos Santos/ G1)

 

A nova rodada de reajustes autorizados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) nesta quarta-feira (29) prevê aumento de até 54% nas contas de luz da região Norte do país, resultado da alta no custo de produção de energia em 2014 devido ao esvaziamento dos reservatórios das principais hidrelétricas.
O reajuste médio de 54,06% vai atingir consumidores do interior de Roraima, atendidos pela Companhia Energética de Roraima (CERR). O aumento começa a valer em 1º de novembro.
Na capital do estado, Boa Vista, atendida pela Boa Vista Energia, o aumento médio autorizado pela Aneel nesta quarta foi de 16,95%. Para residências e comércio (baixa tensão), a conta de luz ficará 16,78% mais cara. Para a indústria (alta tensão), 17,04%.
Amazonas
A agência também autorizou reajuste para as contas de luz dos clientes da Amazonas Energia, no Amazonas. O aumento médio será de 18,62%, sendo 15,83% para residências e comércio e 22,63% para a indústria. Os novos valores começam a valer em 1º de novembro.
Todos os anos, as distribuidoras passam por um processo de reajuste de suas tarifas, que pode levar a aumento ou queda dependendo do que for apurado pela Aneel. Em 2014, a agência vem autorizando reajustes altos devido ao encarecimento da energia no país nos últimos meses, provocado pela queda no nível dos reservatórios das principais hidrelétricas do país.
Os índices aprovados pela Aneel funcionam como um teto, ou seja, o limite para o reajuste que a distribuidora pode aplicar. A empresa tem autonomia para repassar aos consumidores um percentual menor.

As distribuidoras não lucram com a revenda de energia fornecida pelos geradores (usinas), mas sim com o serviço de levá-la até os consumidores. Entretanto, podem repassar para as tarifas todo o custo com a compra dessa energia.

fonte - G1

 

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Ficou muito feio dona Dilma!!

Imagem Google
 O Tribunal de Contas de Minas Gerais teve o que se pronunciar oficialmente por causa das mentiras de Dilma na TV: O Tribunal de Contas do Estado de MG divulgou nota de esclarecimento sobre as contas do governador Aécio Neves. Favor verificar: www.tce.mg.Gov.br. 

Por conta de inúmeras calunias dada em seus pronunciamentos. 
clique no link e confira a nota de esclarecimento do Tribunal 

Fonte. Tribunal de Contas de Minas Gerais

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Conto para gatas borralheiras: o sapatinho de cristal que não serve no seu pé


Quem nunca se imaginou ser a garota certa, pra usar aquele sapatinho de cristal que foi perdido? E claro, para o príncipe apaixonado que sai em busca de sua donzela. Trazendo isso para a nossa realidade, meninas digam a verdade, quantas vezes já não pensamos “ hum... Essa garota sou eu!”, “como eu combino com esse cara!”, um sujeito do bem, bonitão, por quem muitas arrastam um bonde. Sabe o que realmente é isso? Mal de mulher! Mania que mulher tem de achar que no fundo, no fundo, aquele cara legal, não vai ser feliz sem ela, ou que ela é a “cereja que falta no seu bolo”. Pensamento tão cretino quanto essa comparação...Haha

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Só um texto...



Alguns textos meus se constroem aos poucos, às vezes eu escrevo muito devagar, e coloco centenas de vírgulas e depois as tiro.

E pra facilitar o entendimento, não me intimido em recorrer aos pontos finais, mesmo desejando que sejam pontos seguidos. Mas... O pensamento é vago, e recorro às reticências...

As interrogações nunca foram minhas favoritas, mas são sempre necessárias, e é preferível usá-las no meio do texto, do que correr o risco de encerrar um, com essa pontuação.

Até gosto dos dois pontos, mas nesse texto não tenho como aplicá-los.

Nas entrelinhas * fiz uso de tantas exclamações! Mas são minhas! São "resmungos" tão pessoais que não teria a menor importância publicá-los, pelo contrário, só acarretaria confusões ao leitor que não conhece a minha alma.

Sou especialista em perguntas retóricas, não que eu não goste das respostas que a vida me dá, mas é que tenho certa urgência, que denominei de “urgência paradoxal”... Entendo que a pergunta é necessária, mas  aplico a mim a “melhor” resposta, por ter aprendido a  ser  terrivelmente pragmática, e querer ter sempre motivos pra seguir em frente.

Permito usar do meu jeito, todos os sinais de pontuação, já  que o ato de escrever exerce em mim, certa terapia.

No fim de tudo eu olho meu texto, visualizo todos os meus erros, e quando vejo que são gritantes, fico triste, mas me permito isso só por um instante, ou dois...

Decido amassar e jogar fora, é necessário escrever outra história... Mas depois de tudo isso,  só consigo recostar minha cabeça na escrivaninha... Sinto um cansaço ligeiramente inquietante, apago as luzes do quarto, porque  quieta no escuro eu quase consigo me sentir segura... Coisas bobas da minha alma de criança que acha que no escuro, a “vida” não te vê, sei lá...Pena que hoje não tem tempestade, também gosto do barulho estrondoso dos trovões que  não me deixam ouvir os meu pensamento mais chatos.

Ainda dessa vez, meu texto ruim superou aquele silêncio terrível, que quando se instala, sei que é um mau sinal, não de pontuação, mas de coisas que aprendi sobre mim mesma ao longo dos tempos.

Escrevi, já valeu...


sexta-feira, 18 de julho de 2014

Conceitos, Sexo e Relacionamento - Que tal assumir?



Há muito tempo, falar de Conceitos, sexo e relacionamento,  deixou de ser tabu para a sociedade, quem é que nunca viu a mídia, as novelas e muitos  artistas passando a mensagem “saia do armário!” , assuma as suas “preferências sexuais”. Virou até moda. Alguns porque compraram o conceito mesmo, e outros simplesmente porque  acreditam  que fica feio ser taxado de preconceituoso não é mesmo? Não fica bem pra imagem de uma pessoa publica afinal muitos tentam conquistar seguidores, não querem perder o posto de ídolos de uma geração.

Conceitos – São aqueles princípios que você escolhe para a sua vida por algum motivo, eles não podem ser forçados por nenhuma instituição, seja ela política ou religiosa. 
Nesse texto, vou fazer o papel de “advogado do diabo” dependendo é claro, do ponto de vista de cada um sobre o tema.

A ideia que hoje compartilho, é um conceito aprendido na adolescência, bem conhecido como “Romance Real”, tema polemico!  Já o amei, já odiei, já critiquei, já repudiei... E tudo isso foi necessário para que eu provasse no fogo, os conceitos que escolhi pra minha vida. Vou explicar elencando alguns pontos sobre Conceitos, sexo e relacionamento.

* Quem é que não quer um amor pra toda a vida?

quarta-feira, 2 de julho de 2014

Trabalho escravo na imprensa do Pará. Jornalistas de Santarém vão às ruas e abrem o verbo!

A sociedade precisa dos jornalistas que, a cada momento, estão em busca da notícia indispensável a todos. A informação é um bem de primeira necessidade. Pois os trabalhadores que produzem esse bem, inclusive quando fazem reportagens denunciando o trabalho escravo nas fazendas, lá no interior da região, eles mesmos, os jornalistas, em muitos casos trabalham em situação tão humilhante que se assemelham a escravos urbanos. Há 3 dias, 30 jornalistas de uma das cidades mais importantes do Pará, Santarém, foram às ruas denunciar a própria escravidão. É o que relata aqui a jornalista Ronilma Santos, que participou da manifestação. "Eu mesma, por diversas vezes fui obrigada a cobrir confrontos de gangues sem a presença da polícia, sem colete e sem sequer um seguro de vida!", diz ela, entre muitas outras coisas que precisam ser do conhecimento público. E os salários, miseráveis.
Representação local do Sindicato: Rosa Rodrigues, Minael Andrade, Ronilma
Santos, Sheila Faro (presidente do Sinjor-PA) e Jota Ninos. Jornalistas querem
mudanças e mais ação contra a exploração


A seguir, entrevista com Ronilma Santos:

Quais as expectativas da luta dos jornalistas a partir de agora, depois da manifestação que vocês fizeram em Santarém?

Ronilma - A partir de agora, queremos agilizar o processo de filiação dos jornalistas do Oeste do Pará ao Sindicato de Jornalistas (Sinjor-PA) e deixar para trás o Sindicato dos Radialistas que vem nos representando há 25 anos. A expectativa é que até o mês de agosto, todos os jornalistas diplomados de Santarém estejam sindicalizados. E até o fim do ano, possamos estender essa sindicalização aos jornalistas dos demais municípios da região oeste. Utilizamos o manifesto para ressaltar a importância dessa filiação, pois acreditamos que, a partir daí, teremos mais força e respaldo legal para buscar melhorias para a categoria, como um piso salarial diferenciado para os jornalistas e melhores condições de trabalho, além de garantir o direito à liberdade de expressão que tanto nos tem sido cerceada nas empresas de Santarém. Estamos vivendo um momento de transição entre pertencer à categoria dos radialistas (onde existem funções idênticas às dos jornalistas), para assumir nossa condição de profissionais do Jornalismo, da qual nos orgulhamos.

quarta-feira, 21 de maio de 2014

Jatene tem forte rejeição no Oeste e no Sul/Sudeste do Pará

A aspiração separatista das regiões centradas nas cidades de Marabá e Santarém será um peso para o governador paraense Simão Jatene, do PSDB, na sua tentativa de se reeleger. A lembrança do plebiscito pela emancipação do Carajás e do Tapajós, realizado em dezembro de 2011, torna-se um item nada desprezível para os candidatos nas eleições gerais de outubro próximo. Mesmo tendo sido derrotado no âmbito do Estado do Pará, naquelas regiões o “Sim” obteve em torno de 95% das adesões aos novos Estados.

Foto: Em novembro de 2013 o governador meteu-se num bate-boca com um grupo de alunas da Escola Estadual Rio Tapajós, em Santarém, fato que obteve grande repercussão em todo o Pará. Sinal claro da rejeição?
Dessa forma, não será fácil a campanha pela reeleição do governador Simão Jatene, assim como dos “candidatos de fora”, como são chamados em Santarém e Marabá os políticos de outras regiões, especialmente aqueles que têm as suas principais bases eleitorais na capital, Belém.
Uma considerável parcela do eleitorado rejeita o nome do atual governador, segundo levantamento prévio da Doxa, empresa de pesquisa presidida pelo cientista político Dornélio Silva. 
Quem dá a explicação é o próprio Dornélio:

“Nas pesquisas eleitorais deste ano, pretendo acrescentar a questão do separatismo, já que essa é uma variável imprescindível na decisão do voto dessas duas regiões que pretendem a emancipação. Em estudos anteriores, realizados em outubro de 2013, já coloquei essa questão. O que vimos foi uma forte rejeição ao nome de Jatene, tendo em vista que a lembrança do plebiscito está muito presente. O Jatene, ao escolher o deputado federal Zequinha Marinho (PSC), como candidato a vice-governador, tem o claro objetivo de segurar os votos do Sul do Pará, já que Zequinha é oriundo daquela região (Conceição do Araguaia), além de contar com o forte apelo evangélico. Acredito que vão prevalecer os votos dos candidatos da região em detrimento dos de fora, convergindo os votos no campo local das regiões que pretenderam a emancipação".
Bússola Eleitoral

Dornélio Silva acrescenta: “Pensando principalmente nos candidatos a deputados estaduais e federais que têm dificuldades de encomendar pesquisas, a gente pensou e lançou um produto intitulado Bússola Eleitoral. Vamos fazer as pesquisas pelas 12 regiões de integração onde podemos identificar melhor os redutos de cada deputado. Claro que vamos medir a intenção de voto de governador, senador, presidente”.
A Bússola Eleitoral começará pela Região Metropolitana (Belém, Ananindeua, Marituba, Benevides e Santa Bárbara). “Anunciaremos quando a pesquisa estiver concluída. Ao mesmo tempo, informaremos o início da próxima pesquisa e a região a ser pesquisada”.

segunda-feira, 19 de maio de 2014

Amigo é aquele que te leva nas costas quando necessário


Todo mundo sabe que trabalhar em equipe não é uma das coisas mais fáceis do mundo,  e é no dia a dia, que aprendemos a melhor forma de fazer isso.
 Um dos meus parceiros de externa é o repórter cinematográfico Talison Lima (Tadisson, Falison, ou paquito).

 Quando a gente  entra no carro pra trabalhar, por mais difícil que seja nosso dia, nos sempre conseguimos rir e brincar muito de tudo.
 Mesmo quando eu digo "_ Não vem não, que eu hoje eu to de TPM, se você ouvir sertanejo eu te jogo do carro!" Ainda assim as gargalhadas fluem naturalmente, rs
 Não tem como não trocarmos segredos, e ajudarmos um ao outro nos momentos de dificuldade.
Nossas famílias vão se tornando amigas, e filar “boia” um na casa do outro, acaba virando tão natural quanto espirrar. 

Eu teria mil histórias pra contar desse figura, mas vou guardar todas em  um cantinho especial da memória e do coração. 

Valeu Paquito! Pode ter certeza que jamais vou esquecer dos lanches baratos e dos barzinhos   cretinos  e de  má reputação  que  você  já me apresentou nessa cidade, se aproveitando daquela famosa situação de “ Hoje é a meu dia de pagar o lanche”.

Mas, amizade é isso mesmo, suportar o peso dos maus  hábitos um do outro. Rs
Acho que o que mais funciona na nossa parceria, é que sabemos que  trabalhar com seriedade não implica em trabalhar de mau-humor ou tratar as pessoa mal.

E quero te dizer que fazer os entrevistados mais tensos,  ficarem a vontade, dar risada...Isso é um talento incontestável. Mas,"manera"  na hora de inventar as histórias...Se não, não controlo o riso, e sabes que eu preciso mostrar toda a minha seriedade nessas horas.

Teu lema é compositor para os compositores, pescador para com os pescadores ,mas piloto de avião é demais! kkkkk

E não esquece que continua me devendo um lanche muito bom!


sexta-feira, 16 de maio de 2014

Eu não



Eu não vou servir de modelo pra nenhuma instituição ou religião.

Não quero ser usada como referencia pra nada, e também  não quero ser  símbolo do bem ou do mal.

Não me ofereça um titulo pra que eu levante em troca a sua bandeira.

 Não tente corromper  os meus sonhos limpos, com seu discurso profano, com essa falsa ideologia, e  essa ambição disfarçada de caridade. 

Não to concorrendo a miss bondade, pra suportar a tua “loucura”.

Tenho  planos, sonhos  e contas que terei que acertar, e pode apostar que nenhum deles é com você.

Então não espere que eu me importe, com o que você pensa de mim!

segunda-feira, 28 de abril de 2014

Livrai-me de um amor



Livrai-me de um amor que não suporta o meu jeito simples e minha gargalhada  fácil.

Livrai-me de um amor sem exageros e  extremos, sem sal e açúcar, com meios termos e meias palavras e sonhos pela metade.

 Livrai-me de um amor que não saiba contar ou ouvir histórias, porque elas me fascinam... Eu mesma invento uma a cada instante, só pra ter o doce prazer de fazer alguém sorrir.

Livrai-me de um amor que não sabe sentir a alegria de dançar na chuva, ou de sentir o cheiro do mato – Alias quem nunca dormiu na proa de um barco no meio do Amazonas sob um céu estrelado, ouvindo o coaxo dos sapos e o barulho das ondas, certamente ainda não experimentou uma das melhores sensações da vida. 

Livrai-me da falta de gentilezas e do sujeito chato que não consegue rir de si mesmo,  livrai-me  do senhor perfeição com formulas e respostas para tudo na vida.

 Livrai-me de quem não tem coragem de dizer o que sente e que dosa gestos e sentimentos,  fazendo do amor uma equação matemática.

Livrai-me do amor pateticamente  comprado e engessado, que supervaloriza joias, e esquece  o valor  e a magia de uma  serenata na madrugada, ainda que absurdamente desafinada.

Livrai-me  de um amor pintado como perfeito,  e do sujeito musicalmente certinho, que não ouve nada além de  Chico Buarque e Caetano ( Longe de mim, abrir margem para qualquer MC!)

Livrai-me de um amor cheio de eufemismos, porque  prefiro o pragmatismo da coisa  o “sim, sim ,não não” , já que o morno da vida me dá náuseas! Defina-se e decida-se ou eu te vomito!

Livrai-me de um amor pretensioso  que deseja ser a  minha metade da laranja, ou a minha alma gêmea – Porque acho que não resistiria...E quebraria um vaso na cabeça desse ser supostamente predestinado!

Não aguento nada que se pareça comigo, quero o diferente, o novo, o inusitado, o surpreendente, embora constante.

Livrai-me desse amor  programado que só gosta do que eu gosto, que concorda com todos os meus pensamentos, que não confronta os meus erros, e assume as minhas verdades, apenas por medo de perder ou de não se encaixar em um formato de amar.

 Não que eu não queira a sorte de um amor tranquilo... Só não me interesso por esse “amor” banal, facilmente oferecido, por  quem acha que viver é estar sempre em uma zona de conforto.

Não acredito que alguém possa me trazer paz, sem primeiramente conseguir balançar as minhas  mais firmes estruturas.

Ronilma