sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Um pouco de tempo para cada coisa

Um tempo para rir e gargalhar alto, como é bem o meu costume

Um pouco de tempo, para falar "pelos cotovelos", contar e inventar histórias.

Um pouco de tempo para ouvir meus amigos, um estranho  na rua, ouvir o vento que às vezes me trás segredos e brinca no meu cabelo...

Um pouco de tempo para dançar conforme a alegria do meu espírito.
Um pouco de tempo pra ser feliz, com tudo o que a vida me trás,  espalhar minha alegria pelos quatro cantos...

Um pouco de tempo para achar que a vida é simplesmente perfeita! Que nada pode dar errado, que sou invencível , indestrutível, imortal...

Um pouco de tempo para eu rir de mim mesma, dos meus erros e tropeços.

Um pouco de tempo para eu rir sozinha pelos cantos, meio que  zoando da vida, pensando no meu intimo que eu sei o segredo para tantos mistérios que me abalariam...

Um pouco de tempo, para achar que eu quase...Consigo voar!
Um pouco de tempo para eu achar que posso ajudar a resolver alguns dos problemas do mundo.

Mas, quero um pouco de tempo, quando  o riso costumeiramente fácil, não vier ao rosto.
Um pouco de tempo, quando eu achar que "hoje" não consigo ou  não queira levantar da cama.
Um pouco de tempo, quando  no meu quarto  escuro, eu sentir medo no meio da noite.
Quando eu não souber o que fazer, quando o dia amanhecer.

Um pouco de tempo, para o meu silêncio...Que acompanha meu espírito tão triste e perdido...
Um pouco de tempo, para eu dizer "não sei a resposta"...
Um pouco de tempo...Pelo menos pra essa lágrima chegar ao chão.

Há tempo pra tudo debaixo do sol

Deixa eu ficar quieta por hoje, acalmar o que tá inquieto...

Até que venha um dia melhor,  e eu volte a sonhar...

Há tempo pra tudo...
 

 

2 comentários:

  1. e ninguem anda tendo tempo pra mais nada, infelizmente!! Belo texto.

    bjos...

    ResponderExcluir
  2. Verdade, às vezes um pouquinho só de tempo faz falta.
    Obrigada, abraços!

    ResponderExcluir

Interaja comigo, deixe seu comentário ;)