quarta-feira, 4 de março de 2015

Robôs gigantes direcionam trânsito na República Democrática do Congo

Robôs substituem guardas de trânsito, custaram cerca de US$ 15 mil e são alimentados com energia solar
Vigia. Cada robô custa US$ 15 mil e usa energia solar para funcionar. FOTO: Reprodução/YouTube
 
 Dois robôs de quase 2,5 metros de altura estão ajudando a melhorar o trânsito nas ruas de Kinshasa, capital da República Democrática do Congo. Parece filme de ficção científica, mas é na verdade um recurso implementado pela companhia de tráfego local: os androides têm a função de orientar o trânsito em cruzamentos movimentados da cidade.
Custando cerca de US$ 15 mil e alimentados com energia solar, os robôs servem como substitutos de guardas de trânsito. Os braços direcionam os carros, enquanto o peito contém faróis que mostram aos pedestres quando é seguro atravessar a rua. O aparelho ainda contém câmeras, capazes de flagrar infrações no trânsito e enviá-las aos motoristas.


Instalados em meados de 2013, os robôs caíram nas graças da população. “Quando ele guia o trânsito, todos os carros param e os pedestres podem atravessar em paz. Agradeço a Deus pelos inventores do robô”, disse um taxista à agência de notícias AFP.
Therese Kirongozi, presidente da Women’s Technology, empresa do Congo que criou os robôs, disse que quer ver sua invenção além de Kinshasa. “Podemos levá-los para o resto da África, e, quem sabe, os Estados Unidos”, contou ela à AFP.

Fonte - Blog Estadão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Interaja comigo, deixe seu comentário ;)